Olá caros colegas e seguidores da aprendarobotica.com.br. Hoje vamos falar sobre a importância dos pinos ou conectores. Sempre que estamos dispostos  a criar um projeto um dos itens mais imprescindíveis são  os pinos para fixação das vigas. Muitas vezes não nos damos conta da importância que cada um deles nos proporciona. Ao longo do tempo tive a oportunidade de conhecer vários projetos e o que mais chamava a atenção era o problema que os pinos causavam, porém pode-se notar que muitas construções tinham problemas  devido ao uso desses pinos. Mas por que isso ocorre?

Sabemos que os pinos servem para fixação e também movimentação, vamos conhecer para que cada um serve?

Os pinos curtos de cor preta ou azul possuem hachuras que aumentam a fricção entre suas conexões com as vigas. Os pinos curtos ou longos servem para fixar, ou seja, seu único objetivo é  fazer com que as vigas tenha o máximo  de encaixe possível sem nenhuma fadiga. Em estrutura temos mais estabilidade das vigas assim diminuindo as vibrações ocorrentes.

pino curto preto com hachuras.

Já os pinos longos ou curtos cinzas tem a função de fazer A fixação mas seu diferencial é fazer que ele tenha menos atrito nas vigas, podendo fazer com que uma viga tenha movimentação mais suave, permitindo assim um trabalho mais eficiente e com pouco desgaste nos furos. Vale lembrar que os pinos cinzas estão sendo substituídos pelos pinos bege e azul, mas é  claro que não  é  proibido seu uso nas competições.


Pino longo cinza sem hachuras.

Os Pinos com buchas tem a mesma função mas seu grande diferencial é  sua praticidade de encaixe rápido e ainda é possível colocar um eixo nas extremidades das buchas quando necessário . Possui hachuras para  maior fricção e é encontrado em diversas cores como exemplo a seguir:

Pino longo com bucha. 

O “Pino longo com eixo na ponta“, é um pino de grande valor em construções de braços e carenagem dos robôs, por ser longo e com eixo na ponta facilita o uso de vigas (ponta com cruz) a trabalhar em ângulo. Dessa forma você pode criar novas garras e métodos de aperfeiçoamento na construção do seu robô.

Pino longo com eixo.

O “Pino curto com eixo na ponta“, é um pino utilizado para fixação de conectores com furo em um que contenha uma cruz, a função da cruz é de fazer com que a estrutura tenha um ponto maior de travamento e segurança fazendo que o eixo não gire. Existem dois modelos desse pino um com hachura para melhor fricção e outro sem hachura para que possa ser utilizado em movimento de engrenagens.

Pino com eixo na ponta.

Outros pinos que podem ser utilizados são os “pinos curtos” onde são encontrados em dois tamanhos e com cores diversas. Seu objetivo tem como fixar vigas de 0,5 mm.

                                                    
Pino curto 1/2.                                                           Pino curto 3/4.

O “Pino duplo” tem em em sua estrutura um ponto central para conectar um eixo na perpendicular, tendo uma grande importância na construção de chassis e fazendo com que tenha mais firmeza na fixação das vigas.  Este pino pode ser encontrado em diversas cores . (Fica a dica para adaptação de “roda boba”).

Pino duplo.

Existe o “Pino bola“, conhecido também como pino engate por ter essa esfera na ponta. Ele é muito utilizado em carros, caminhões para auxiliar na movimentação direcional dos eixos, braço de  suspensão, etc. Pode ser encontrado com a ponta em pino ou em eixo.


Pino bola.

Também não podemos esquecer a utilização dos eixos (que será explicada futuramente). Que tem a principal função de fazer a movimentação dos motores e rodas. São de grande valia nas construções de garras onde podemos utilizar as técnicas de engate rápido, fazendo o papel de pino de guia.

Bom galera espero ter ajudado nesta questão e não se esqueçam sempre pesquisar o uso ideal de cada item! Em breve mais dicas de pinos, aguardem.

Obrigado!
G.Constantino