516lramzC8L._UX250_

Olá pessoal tudo bem? Quase um mês após receber as perguntas de vocês, traduzir para o inglês, traduzir para japonês, responder de japonês para inglês e finalmente traduzir para a nossa língua pátria, eis que trazemos aqui as suas respostas. Antes de tudo gostaríamos de agradecer ao Yoshihito novamente pelo carinho em responder todas as questões e se você ainda não o conhece, leia aqui sobre ele! Não se esqueçam que ele já tem vários livros produzidos e um deles é gratuito (link) e pode ajudar muito nas construções.

Para ajudar e aumentar o suporte às dúvidas, colocamos também alguns links das reportagens que já criamos por aqui. Boa sorte com suas construções pessoal!

Nome: Antonio Gabriel
Equipe: SESI Thunderbóticos
Cidade: Rio Claro – SP
Mídia Social: Site

Olá Yoshihito Isowaga, tenho a pergunta que não quer calar em muitos times iniciantes de FLL: quais as técnicas/métodos para fazer um robô andar em linha reta?
Obrigado!!

YI: É realmente uma boa pergunta. É muito difícil para mim também fazer o robô andar em linha reta. Primeiramente, é importante balancear a esquerda e a direita do robô. Qualquer alteração no peso mudará sutilmente no movimento, até mesmo as ligações dos cabos e as portas utilizadas podem ajudar ou atrapalhar. Outro fator que pode interferir no movimento do seu robô é devido ao movimento de andar ou parar bruscamente. Essa alteração no movimento pode ser identificada devido a ação inerte dos pneus. Por favor, tente ajustar seus programas para iniciar e parar seu robô lentamente.
As diferenças individuais de cada motor podem influenciar os movimentos também. Eu recomendo que você verifique as características de todos os motores que você tem e escolha os dois motores que possuem as características mais semelhantes.

Dicas:
Estabilidade | Rodas | Motores

Nome: Isadora do Carmo Santos
Equipe: #TeamBIOTECH
Cidade: Não informada
Mídia Social: Site

Qual o segredo para se ter um robô bem estruturado?
Como realizar uma programação com qualidade e perfeição?

YI: Logo após vocês definirem qual será o formato do seu robô e construí-lo será o melhor momento para começar as melhorias intensivas. Primeiramente considere se há coisas inúteis em seu robô, ou não. E então remova todas as partes desnecessárias assim como o desperdício de espaço.
Em seguida, realize muitos testes em variadas situações e modifique seu robô baseado nos resultados obtidos nos testes.
Por exemplo:
– Seu robô opera corretamente em um campo inclinado?
– Seu robô opera corretamente em um campo empoeirado?
– Seu robô opera corretamente em situações em que a luz venha pelo lado do campo?
É importante que você simule as mais pessimistas situações possíveis.
Eu tenho certeza de que seu robô estará pronto para os desafios se passar por por estas provas.

Dicas:
Estabilidade | Rodas | Design

Nome: Rafaela Vilaqua
Equipe: LEGO of Legends
Cidade: Pelotas
Mídia Social: Instagram

Gostaria de saber se para o senhor é melhor construir um robô pequeno ou um grande para a melhor realização das missões? Você tem uma dica para nos deixar?

YI: Este é o tema que você deve pensar bem. Por favor, considere o tamanho de seu robô que se adapta às suas estratégias através da tentativa e erro. De qualquer forma, é sempre mais difícil controlar robôs grandes. Em meu caso, eu faria robôs mais leves reduzindo as partes desnecessárias, tanto quanto fosse possível.

Dicas:
Design| Rodas

Nome: Victor Quintanilha, 16
Equipe: Gametech Canaan
Cidade: Goiânia GO
Mídia Social: Facebook

Olá, meu nome é João Victor Quintanilha, tenho 16 anos e sou de Goiânia – GO. Sou membro da equipe GameTech Canaan. Eu tenho uma questão a respeito da montagem: Quando nós encaixamos a engrenagem da garra no motor pode acontecer dos dentes das duas engrenagens escaparem. Durante nossas experiências construindo garras, o posicionamento das engrenagens foi nosso maior desafio. Como podemos evitar que isso aconteça durante nossas montagens?

YI: Se o problema que você está dizendo são as folgas entre as engrenagens, você não tem como se livrar deste movimento perdido. Essa mínima diferença entre os dentes das engrenagens não tem como serem recuperados, porém, se o seu problema está entre duas engrenagens que não podem ficar muito próximas, tente utilizar engrenagens perpendiculares. Eu recomendo que você utilize estas engrenagens, especialmente quando você deseja inverter a direção do eixo para um ângulo correto,

Dicas:
Livro TORANOMAKI

Nome: Victoria Faria, 14
Equipe: Legião Robótica
Cidade: Batatais, SP
Mídia Social: Facebook

Oi, sou a Victoria Faria, da equipe Legião robótica de Batatais-SP. Gostaria de saber que lógica/conceito você segue para criar coisas novas?
Obrigada

YI: O processo que eu utilizei para construir meus robôs é assim:
Primeiro de tudo, eu imagino o que eu queoro construir em minha cabeça. Minhas ideias geralmente vêm de situações como estas:
– Quando eu vejo algo enquanto estou caminhando
– Quando eu olho alguma coisa em livros e revistas
– Quando eu vejo fotos na internet
– Algumas vezes tenho ideias vindas de um sonho 
Logo após, eu começo a construir o modelo. Se eu tenho alguma nova ideia enquanto estou construindo, eu mudo a primeira ideia sem hesitar. Isto significa que eu não me importo de seguir em uma direção diferente daquela primeira imagem que eu tinha visualizado. Com o modelo inicial pronto eu começo um melhoramento intensivo dele. Eu removo as partes desnecessárias e os espaços em vão do robô, e adiciono as decorações necessárias para que ele fique mais bonito. Recomendo que você observe firmemente todos os robôs e as máquinas que encontrar em sua vida cotidiana.

Dicas:
LIVRO TORANOMAKI

Nome: Wigne Júnior, 15
Equipe: Gametech Canaan
Cidade: Goiânia, GO
Mídia Social: Facebook

Em nossos robôs para o torneio FLL, usamos os motores para o movimento do robô e do movimento das garras. O motor padrão servirá para gerar os movimentos durante as realizações das missões da mesa. Qual a melhor forma de garantir uma boa garra no robô?

YI: O melhor método será quando vocês definirem os métodos apropriados para cada ação, variando de acordo com a forma, tamanho e direção de suas garras e outros acessórios do robô. Tente imaginar quais seriam as melhores maneiras para adequar as estruturas ao seu robô através de tentativas e erros. Não se esqueça de considerar sempre o equilíbrio entre a direita e esquerda / frente e traseira de todo o seu robô.

Dicas:
Estratégias | Estratégias 2

Nome: Marcos Buzolo Câmara, 16
Equipe: Gametech Canaã
Cidade: Goiânia, GO
Mídia Social: Facebook

Em relação ao posicionamento do brick, sabendo que ele precisa ser de fácil acesso, para trocar a bateria e até escolher a programação. Na hora da montagem ele também ocupa muito espaço, que poderia servir para alocar anexos, garras, etc. Qual a melhor forma de instalá-lo – na vertical ou horizontal, centralizado ou alinhado as laterais, na posição superior ou inferior do robô?

YI: É realmente difícil decidir onde colocar o bloco do EV3. Ele é grande e pesado. Por favor, determine sua posição após pensar em duas coisas. Primeiro, verifique o equilíbrio entre a esquerda e a direita de seu robô. Por exemplo, se um objeto pesado, como um braço de uma garra é conectado do lado direito de seu robô, você deve colocar o bloco do EV3 um pouco para a esquerda.
Segundo, pense sobre o efeito do peso sobre as rodas motoras. O comportamento do robô varia dependendo de onde o bloco EV3 é conectado – perto das rodas motoras ou longe delas. Em qualquer caso, é importante que você decida onde colocá-lo durante a realização de vários testes.

Dicas:
Estabilidade | Estabilidade 2

Nome: Victor Morais, 17
Equipe: Gametech Canaan
Cidade: Goiânia, GO
Mídia Social: Site

Olá amigo. Tivemos algumas dúvidas com relação à montagem do robô para a FLL Trash Trek. Durante os treinos, percebemos que precisaríamos de rapidez e precisão em um mesmo robô. Gostaríamos de saber qual o melhor tipo de roda e pneu que permite uma boa aderência e velocidade do robô evitando a variação durante o percurso?

YI: É um bom ponto de vista.
Há muitos tipos de rodas e pneus, por isso é difícil decidir qual é o melhor. No entanto, eu acho que você deve escolher os pneus que não amassam, tanto quanto possível. Quando os pneus se amassam, o raio do pneu é diminuído. Como resultado, a distância que ele percorre é mais curta.

Pode ser possível fazer com que os pneus quase não sejam amassados, colocando outras partes, como tubos (peça macarrão) dentro dos pneus. A precisão do movimento também será maior quando os eixos das rodas são apoiados em ambos os lados. Esta é a mesma forma que os eixos de bicicletas são apoiados, suportados, e é melhor do que a forma com que os carros apoiam-nos em apenas um lado.
Para acrescentar, o comportamento dos pneus é prejudicado quando é movimentado de repente. Por favor, tente ajustar seus programas para iniciar e parar o robô lentamente, a fim de evitar desvios.

Dicas:
Estabilidade | Estabilidade 2

Bem pessoal, esperamos que tenham gostado do resultado das respostas e esperamos que as entrevistas possam continuar durante os próximos meses com os maiores e melhores construtores que conhecemos. Deixamos aqui novamente o nosso “muito obrigado” e um desejo de sucesso à todos vocês!

Enjoy!