Durante os campeonatos da FIRST LEGO League todas as equipes passam por avaliações nas Salas de Pesquisa, Design do Robô e Core Values, e os 15 minutos de entrevista servirão como base aos juízes para a escolha dos  melhores times de cada evento.

1669877_575121612583804_547304582_o

Torneio de Robótica Brasileiro FLL – Taguatinga – DF. 22.02.2014 Foto: © Mario Castello

Sabemos que as equipes desejam causar uma boa impressão nos juízes, conquistando-os por suas capacidades múltiplas; mas nem sempre isto acontece. É normal que equipes boas não obtenham avaliações exemplares em todos os torneios que participarem, já que inúmeros fatores que podem atrapalhar ou ajudar os times durante as avaliações.
Hoje iremos trazer uma exemplificação de alguns dos fatores que podem auxiliar a sua equipe a obter uma boa avaliação dos juízes de Core Values nos próximos eventos. Para começar, vamos falar sobre a imagem da equipe:

1622305_575123579250274_1616644432_o

Torneio de Robotica Brasileiro FLL – Taguatinga – DF. 22.02.2014 Foto: © Mario Castello

No momento em que sua equipe entra na sala de Core Values, qual é a primeira impressão passada aos juízes? Vocês estão uniformizados? Demonstram estar alegres por estarem ali e fazerem parte da equipe? Estão unidos? Estão atentos aos colegas e às perguntas que lhe são feitas?

É extremamente importante que a primeira imagem que o juiz tiver de sua equipe seja marcante, para isso, estejam uniformizados e entrem em conjunto, demonstrando que são realmente um time!

É comum que as avaliações sejam muito próximas uma das outras, e que vocês podem estar com as fantasias que utilizam para apresentar o Projeto de Pesquisa durante as Avaliações em outras salas. Mas, um esforço para entrar com o uniforme da equipe na sala de Core Values pode fazer com que aquela primeira impressão seja mais significativa com relação à uniformidade e organização do seu time. Já ouviram aquele ditado: “A primeira impressão é a que fica?”? Pois então, ele também vale para a sala de Core. Estejam preparados para demonstrar que sua equipe é organizada, unida, e que tem uma identidade clara.

1658153_575119615917337_13641351_o

Torneio de Robótica Brasileiro FLL – Taguatinga – DF. 22.02.2014 Foto: © Mario Castello

Além da imagem uniforme do time, a primeira impressão também é causada pela forma com que seus integrantes se relacionam, interagem, atuam. É crucial que vocês se respeitem e se valorizem pelo que são, tornando suas diferenças a força de sua equipe. Observem os dedos de sua mão, eles são iguais? Não né? São bastante diferentes, alguns são maiores, mais magrinhos, outros menores, mais gordinhos. Se todos fossem iguais, será que sua mão seria tão eficaz quanto ela é? São as diferenças entre nossos dedos que fazem com que nossa mão seja perfeita! Assim também deve ser a relação entre os membros de sua equipe! Valorize as diferenças entre vocês para que juntos, sejam uma equipe eficaz, eficiente, coesa.

Einstein dizia que: “Todo mundo é um gênio. Mas, se você julgar um peixe por sua capacidade de subir em uma árvore, ele vai gastar toda a sua vida acreditando que é estúpido.” Assim somos nós com relação às muitas tarefas que nos são delegadas; nem sempre somos perfeitos em tudo o que fazemos, mas, mudando o foco e nos colocando em posições onde realmente somos bons naquela tarefa, despertamos uma paixão e conseguimos contribuir de uma maneira excepcional para o grupo. Por isso, conhecer os integrantes de sua equipe e saber onde cada um pode ser realmente forte é um diferencial para que sua equipe se destaque frente às demais.

10014935_664956483601983_4777196310029760503_o

Torneio de Robótica do Estado de São Paulo de 2015. Foto: © Mario Castello

Quando uma equipe entra nas salas de avaliações e seus integrantes não parecem muito satisfeitos em estarem ali, ou usando uma fantasia que não se sentem confortáveis, a impressão que os juízes têm é que aquilo não é natural da criança, que ela está sendo forçada a estar ali daquela forma. A naturalidade começa desde você se sentir bem em fazer parte da equipe até estar feliz em desempenhar o papel que lhe foi designado. Por isso, sejam sinceros com vocês mesmos e com o seu time sobre suas funções e papéis, pois caso contrário, poderá deixar a impressão nos juízes de falsidade, de influência excessiva de adultos ou mesmo de uma desunião do grupo.

1973497_575118902584075_1270045902_o

Torneio de Robótica Brasileiro FLL – Taguatinga – DF. 22.02.2014 Foto: © Mario Castello

Então, perceba onde você mais se destaca no time. É fazendo Posters? Organizando os materiais e verificando as tarefas programadas? É montando garras e robôs? É programando? É criando textos e pesquisas? E ao descobrirem suas qualidades individuais, comuniquem ao seu time sempre! Digam o quanto gostou de realizar aquela tarefa, e que ficaria feliz em poder realizá-la mais vezes. E o principal: mostrem aos juízes que vocês se conhecem e se valorizam por suas diferenças. As qualidades individuais devem prevalecer no trabalho coletivo, num processo constante de coautoria. Afinal, vocês devem construir juntos os trabalhos da temporada. Lembrando: “Nós sabemos que nossos técnicos e mentores não têm todas as respostas, mas nós aprendemos juntos”.

A FLL é uma competição para a mente, uma oportunidade de você desenvolver múltiplas qualidades e se descobrir durante os inúmeros trabalhos que necessitam ser feitos. Aproveite a temporada Trash Trek para crescer como pessoa e auxiliar a sua equipe a crescer como um grupo, e assim, aumentar as chances de seus trabalhos serem reconhecidos pelos juízes no dia do evento.


Em outro post, continuaremos a tratar a forma como os times podem melhorar sua performance frente aos juízes nas Salas de Avaliação. Até lá, bom trabalho a todos!