Olá pessoal, animados para mais um post bem bacana?

Dando continuidade às nossas apresentações sobre os tipos de garras mais utilizadas em um desafio FLL – Parte 1, hoje demonstraremos alguns tipos de garras simples e técnicas de construção inovadoras também. Sinceramente uma das coisas que mais gosto de construir são os módulos dos robôs, pois são eles que darão a vida e movimento a nossa criação. Vamos começar?

No exemplo acima temos a Flying Tortoise (Tartaruga Voadora) que é uma excelente construção do dluders divulgado no seu Flickr (cc). O robô base conta com uma estrutura simples e bem rígida, um bloco programável EV3, um sensor de toque frontal, um sensor de cor do lado direito frontal e quatro motores. Dois dos motores são utilizados na movimentação do robô, os outros dois serão utilizados na movimentação de garras e módulos que falaremos a seguir. A própria construção do robô já apresenta um frame de proteção para as rodas e seus componentes internos. Na minha humilde opinião, o robô está perfeito, só faltou um acesso rápido a bateria. 😉

Uma vez que o módulo é adicionado no frame do robô é possível ver que seus motores são acionados por engrenagens de variados tamanhos e funções. Por exemplo, com a adição do módulo as garras de cor Verde, Azul e Laranja podem ser acionadas ao mesmo tempo ou em diferentes momentos. Isso vai depender apenas da estratégia e da necessidade da equipe.

Mas, como isso é possível? Bem, é bem fácil, primeiramente é preciso lembrar que para um processo de construção, é preciso imaginar, planejar, criar, melhorar e se perguntar, está bom o suficiente? Vamos pegar como exemplo a construção da lâmpada. No início as tabernas e casas existentes eram muito escuras, utilizar grandes tochas era muito perigoso devido à probabilidade de incêndio, portanto pequenas velas e candelabros foram criados para iluminar esses lugares. Logo após, veio a pergunta, e se eu precisar iluminar grandes locais como salões e igrejas? Com o passar dos anos e com a criação da eletricidade, novas alternativas foram criadas. As lâmpadas que são tão comuns em nossas casas foram largamente utilizadas, mas gastavam muita energia. Novas lâmpadas foram criadas para iluminar mais e gastar menos energia. Atualmente o mercado nos provê vários modelos em tamanhos e cores gastando o mínimo possível utilizando a tecnologia LED. Entenderam a ideia?

Para se chegar a um modelo de construção de garras efetivo é preciso imaginar, criar, melhorar e verificar se dá pra fazer mais algo com ela. Sabemos que muitas vezes é necessário que utilizemos as engrenagens para executar os movimentos que precisamos, mas quero mostrar pra vocês que o movimento pode ser gerado à partir de soluções inovadoras também.

Acima estão alguns tipos de “engrenagens” que podem ser utilizadas no seu robô. Cada uma delas pode ser utilizada no seu motor ou em sua estrutura e uma outra delas utilizada no seu módulo, assim, quando elas se encaixarem o movimento será gerado. Abaixo está um exemplo de uma peça que é encontrada regularmente em Sets de LEGO de carros 4×4, mas não é obrigatório o seu uso. É possível também criar a mesma interação assim como foi mostrado anteriormente.

Abaixo o módulo vermelho adicionado ao robô criado para fazer o levantamento de uma argola por meio de um ganho simples. O módulo utiliza a técnica de Slide-On já discutida e apresentada a vocês. A garra é acionada com a técnica de engrenagem construída demonstrada acima e está disponível tanto no robô quanto no módulo.

Um exemplo utilizando o Flying Tortoise já mencionado no post de hoje é a imagem abaixo, conseguem ver que existe a conexão do módulo com o robô usando a técnica demonstrada acima? Essa técnica é super simples e pode sim ser utilizada no seu robô para fazer múltiplos movimentos.

Bem pessoal, viram que é possível criar várias garras e movimentos à partir de módulos de conexão rápida e contatos simples? Espero que esse simples post possa lhe ajudar a criar, imaginar e recriar sempre que necessário! Citando meu amigo Gui Constantino – “Criem, Inovem”. Todas as fotos e opções citados aqui estão no meu Flickr. Se tiverem dúvidas ou sugestões não deixem de comentar ok?

Enjoy! :p